Forum Historiae 
Os nacionalismos nas relações internacionais do sé
Os nacionalismos nas relações internacionais do sé

ANDERSON, Benedict. Comunidades Imaginadas: reflexões sobre a origem e a difusão do nacionalismo. São Paulo: Cia. das Letras, 2008, pp. 107-162 (“Velhas línguas novos modelos”; “Imperialismo e nacionalismo oficial”)

BAUER, Otto; “A nação”; in: BALAKRISHNAN, Gopal (org.). Um mapa da questão nacional. Rio de Janeiro: Contraponto, 2000, pp. 45-84.

BREULLY, John; “Abordagens do nacionalismo”; in: BALAKRISHNAN, Gopal (org.). Um mapa da questão nacional. Rio de Janeiro: Contraponto, 2000, pp. 155-184.

CARR, Edward Hallett. Nationalism and after. London: MacMillan, 1945, pp. 1-37 (“The clímax of nationalism”)

CHATTERJEE, Partha; “Comunidade imaginada por quem?”; in: BALAKRISHNAN, Gopal (org.). Um mapa da questão nacional. Rio de Janeiro: Contraponto, 2000, pp. 227-238.

DUROSELLE, Jean-Baptiste; RENOUVIN, Pierre. Introducción a la historia de las relaciones internacionales. México: Fondo de Cultura Económica, 2001, pp. 210-242 (“Los nacionalismos”)

FEBVRE, Lucien. A Europa: gênese de uma civilização. Bauru: Edusc, 2004, pp. 259-272 (“Um outro problema: a nacionalidade”)

GELLNER, Ernest; “O advento do nacionalismo e sua interpretação: os mitos da nação e da classe”; in: BALAKRISHNAN, Gopal (org.). Um mapa da questão nacional. Rio de Janeiro: Contraponto, 2000, pp. 107-154.

HOBSBAWM, Eric J. A era das revoluções - 1789-1848. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2008, pp. 189-208 ("O nacionalismo").

HOBSBAWM, Eric J. Nações e nacionalismo desde 1780. São Paulo: Paz e Terra, 2011, pp. 27-62 (“A nação como novidade: da revolução ao liberalismo”)

SMITH, Anthony D. La identidad nacional. Madrid: Trama, 1997, pp. 1-89 (“La identidad nacional y otras identidades”)

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
1


Partilhe esta Página

“A história me precede e se antecipa à minha reflexão. Pertenço à história antes de pertencer a mim mesmo”.

RICOEUR, Paul. Interpretação e ideologias. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves Editora S.A., 1977, p. 39.

 

 

Follow me on Academia.edu