Forum Historiae 
O processo de mundialização do capital
O processo de mundialização do capital

ARRIGHI, Giovanni.  O longo século XX.  São Paulo: UNESP; Rio de Janeiro: Contraponto, 1996, pp. 337- 371 (“Pode o capitalismo sobreviver ao sucesso?”).

BAUMAN, Zygmunt. Globalização: as consequências humanas. Rio de Janeiro: Zahar, 1999, pp. 63-84 (“Depois na Nação-Estado, o quê?”)

CHACON, Vamireh. Globalização e Estados transnacionais: Relações Internacionais no século XXI. São Paulo: Senac, 2002, pp. 32-46 (“Globalização e Estados e culturas nacionais”)

CHESNAIS, François. A mundialização do capital. São Paulo: Xamã, 1996, pp. 23-44 (“Decifrar palavras carregadas de ideologia”)

COX, Robert. Approaches to world order. Cambridge: Cambridge University Press, 1996, pp. 524-536 (“Globalization, multilateralismo, and democracy”)

HARVEY, David. Spaces of hope. Edinburgh: Edinburgh University Press, 2000, pp. 53-72 (“Contemporary globalization”)

JAMESON, Fredric. A cultura do dinheiro. Petrópolis: Vozes, 2001, pp. 17-41; 43- 72 (“Globalização e estratégia política”; “Notas sobre a globalização como questão filosófica”)

SANTOS, Milton. Espaço e sociedade. Petrópolis: Vozes, 1979, pp. 36-54 (“A divisão do trabalho social como uma nova pista para o estudo da organização espacial e da urbanização nos países subdesenvolvidos”)

SANTOS, Milton. Por uma outra globalização: do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro, São Paulo: Record, 2000, pp. 24-116 (“A produção da globalização”; “Uma globalização perversa”; “O território do dinheiro e da fragmentração”)

SANTOS, Milton. Técnica, Espaço, Tempo: Globalização e meio técnico-científico informacional. São Paulo: Edusp, 2013, pp. 15-56 (“Espaço e Globalização”).

Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Google-Translate-Portuguese to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese




ONLINE
1


Partilhe esta Página

“A história me precede e se antecipa à minha reflexão. Pertenço à história antes de pertencer a mim mesmo”.

RICOEUR, Paul. Interpretação e ideologias. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves Editora S.A., 1977, p. 39.

 

 

Follow me on Academia.edu